Quinta, 28 Setembro, 2017 - 15:49

REDE EUROPEIA DE COMBATE Á PESTE SUÍNA AFRICANA

A Peste Suína Africana tende a espalhar-se na Europa. Esta doença mata milhares de javalis e apresenta-se como um terrível risco económico para o sector de suinocultura. Neste momento a doença já afeta a República Checa e está a espalhar-se para o oeste. Até à data, as medidas adotadas para combater a propagação da doença provaram ser ineficazes.

A Federação das Associações dos Caçadores Europeus (FACE) e o Conselho Internacional para a Conservação da Vida Selvagem (CIC) estão a trabalhar em conjunto para tentar conter a doença. Está colaboração é o resultado da reunião de especialistas organizada pela FACE, no mês de abril de 2017, em Bruxelas, com a presença da Comissão Europeia, a Autoridade Europeia de Segurança dos Alimentos (AESA) de Autor e o CIC. Em 2012, a Organização Mundial de Sanidade Animal (OIE) concordou em organizar mais campanhas de sensibilização e formação relacionadas com a peste suína africana.

A FACE aceitou apoiar este projeto cujo objetivo é triplo:

1.Estabelecer uma rede entre as federações europeias de caçadores e as autoridades veterinárias. Esta rede envolve inicialmente o território europeu e irá ser usada para todos os tipos de comunicações relacionadas com a peste suína africana, implicando os caçadores na vigilância epidemiológica das doenças nos animais selvagens.

2. Desenvolver um programa de formação para caçadores, que deve ser organizado antes do fim do ano em Pravets, na Bulgária.

3. Produzir folhetos informativos sobre a peste suína africana para distribuir entre os caçadores europeus, destacando o seu papel na gestão da doença e luta contra a sua propagação. Este folheto deve ser traduzido em todas as línguas necessárias.

Para a FACE e CIC, é evidente que todos os caçadores europeus irão enfrentar esta epidemia num futuro próximo.

Paula Cristina Simões

Representante da FENCAÇA junto da FACE

Na Revista Caça & Cães de Caça do mês de Setembro.

Acesso Restrito

Necessita registar-se para visualizar os anexos